14/10/2017 07:29

Corinthians pensa em troca por meia para 2018, mas Bahia promete jogo duro

Zé Rafael, meia do Bahia: um dos nomes na mira do Corinthians para 2018


O Corinthians vai a Salvador para encarar o Bahia no próximo domingo (15) com foco direcionado a um jogador em especial do adversário. O meia Zé Rafael, 24 anos, é um dos nomes na mira da direção corintiana para a próxima temporada. O negócio, porém, não deverá ser tão fácil para os alvinegros. Além dele, conforme informado pelo Blog do Praetzel, os corintianos também pensam em Renê Júnior, volante da equipe tricolor.



Na avaliação do Bahia, Zé Rafael hoje é o jogador mais valorizado do elenco no que diz respeito ao mercado de transferências. Essa percepção foi reforçada por uma proposta oficial recente, e recusada, de uma equipe do Qatar.

Por nove meses de empréstimo, a direção baiana rejeitou mais de R$ 3 milhões, e para o próximo ano pensa em arrecadar uma quantia mais expressiva por seu destaque. O contrato de Zé Rafael é válido até o fim de 2019, o que deixa o Bahia confortável para abordar o mercado.

O Corinthians, por outro lado, tem suas cartas na manga para tentar vencer a concorrência de outras equipes brasileiras - o Cruzeiro, por exemplo, já manifestou interesse. Hoje titular do Bahia, o colombiano Stiven Mendoza está emprestado ao adversário do próximo domingo até dezembro, mas tem vínculo corintiano válido por uma temporada. Fora dos planos de Fábio Carille, é visto como uma moeda de troca interessante pelas duas partes, mas não a única.


O lateral esquerdo Moisés, de 22 anos, foi um dos principais nomes do acesso do Bahia à Série A em 2016, mas decepcionou na volta ao Corinthians. As chances de permanência no Parque São Jorge, apesar da provável venda de Guilherme Arana, são remotas. O Bahia, que tentou diversas vezes o retorno do jogador, não tem hoje uma unanimidade nessa posição e gostaria bastante em contar com ele para 2018.
Apesar das duas moedas de troca acessíveis e que interessam ao Bahia, o Corinthians sabe que precisará investir um pouco mais se quiser ficar com Zé Rafael. Ele normalmente joga centralizado e é visto pela comissão técnica como uma alternativa a Rodriguinho, outro jogador com transferência cotada para dezembro.

Uma das principais marcas de Zé Rafael é a regularidade: ele jogou em 51 das 55 partidas do Bahia na temporada, o que assegura o maior índice de presença de todo o elenco, e oferece muita força e competitividade - tem um bom índice de desarmes, por exemplo. Por outro lado, não apresenta até aqui grande oportunismo, e foi às redes em somente cinco ocasiões em 2017.

Criado na base do Coritiba, ele passou pelo Londrina, clube no qual foi destaque da Série C do ano passado, antes de chegar a Salvador.

31824 visitas - Fonte: uol esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

RenéeJúnior e Zé Rafael. daria muito certo no timaoooo

Cleriston Silva     

ótimo jogador

Vale o investimento. Só temos que ver até onde a pedida do Bahia vai chegar.

Adriano Trevisan     

Muito bom jogador

Se contratar será uma boa opção...

Kelton Sousa     

bom jogador

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias